Geradores Industriais de Energia: entenda o que é e quais as suas características.

geradores industriais

 

Imagine a seguinte situação: em uma manhã de segunda, você está preparando a fábrica para uma semana pesada na linha de produção. Um pedido grande de um cliente que vai demandar muito esforço dos seus funcionários e os equipamentos terão que operar na capacidade máxima.

Você está organizando tudo nos mínimos detalhes, para que nada dê errado. O potencial de lucro é enorme e a chance de fechar um contrato à longo prazo está logo ali, bem visível, no horizonte.

Quando, de repente, chega em suas mãos uma carta com notícias terríveis: “A empresa fornecedora de energia elétrica Y realizará uma manutenção programada na rede nesta semana. O fornecimento de eletricidade será interrompido por X dias”.

geradores industriais

Seu coração para de bater por alguns segundos. Isso é uma pegadinha? Como pode ser possível? E todo o prejuízo que isso vai gerar? Quem poderá me salvar? Calma, amigo. Você mesmo pode se salvar! Fazer uso de geradores industriais de energia já é um padrão no setor industrial, e colocá-los dentro do seu sistema de trabalho é essencial para qualquer planejamento eficiente.

Se você quiser saber mais sobre o que é um gerador industrial de energia e o tamanho da importância deles na eficiência do setor industrial, esse artigo é uma leitura obrigatória. Você tem alguma dúvida? Então continue lendo!

 

geradores industriais

(exemplo de geradores industriais para Locação na AlugaGera)

 

Eletricidade: recurso essencial do setor industrial

Energia elétrica é vital no funcionamento de qualquer fábrica, não é mesmo? Seja pequena ou grande, a estabilidade do sistema elétrico é essencial para que a linha de produção não corra o risco de parar.

Quando isso acontece, os prejuízos são certos e a dor de cabeça pode ser bem grande. A solução mais eficaz é simples: prevenção. E a melhor forma de se prevenir é fazendo uso dos geradores industriais de energia.

Falta de energia elétrica é um dos piores pesadelos de administradores e gerentes do setor industrial. Mesmo que momentânea, ela pode significar um dia todo de investimento, tanto na mão de obra ou quanto na matéria-prima, jogados direto no lixo.

Desde a época dos apagões - termo popularizado no Brasil durante da crise energética do começo dos anos 2000 -, inserir um gerador de energia elétrica no contexto da produção industrial já é um padrão estabelecido. Espera... A sua fábrica ainda não faz uso de um gerador industrial? Está tudo bem, meu amigo. Nós estamos aqui para te ajudar com isso!

 

A instabilidade no serviço de eletricidade

Em uma fábrica, a energia elétrica é considerada um recurso essencial para a produção acontecer. Praticamente toda a estrutura e equipamentos dependem dela para funcionar, além de ser fundamental para um funcionário realizar a sua função. Quando não há energia, todas as atividades ficam impossibilitadas de serem executadas.

Quase sempre, a principal fornecedora de energia elétrica são as companhias de distribuição, como, por exemplo, a CPFL ou a Eletropaulo. Por causa do tamanho da rede de fornecimento de eletricidade administrada por essas empresas, existe o risco de a falta de energia acontecer, seja por problemas na rede ou por manutenções ocasionais.

Para evitar que isso seja um problema, as empresas utilizam grandes geradores de energia elétrica, conhecidos como geradores industriais, para prevenir possíveis apagões e manter as máquinas em pleno funcionamento.

 

O que é um gerador industrial?

Primeiro, vamos ao básico: um gerador elétrico é basicamente um instrumento que transforma outros tipos de energia - como mecânica, eólica ou química - em energia elétrica.

O tipo mais comum de gerador é o que converte energia mecânica em energia elétrica. Dentro dessa categoria, também existem várias alternativas, dependendo da quantia e da qualidade da eletricidade exigida, como geradores movidos à gasolina ou à diesel, e a diferença dos ciclos responsáveis pelo funcionamento do motor.

Quando tratamos de grandes geradores elétricos, estamos falando de altas quantidades de energia, logo a forma mais eficaz de prover isso é através dos geradores movidos a diesel. Mais conhecido como geradores industriais, são estes vão resolver o seu problema, meu caro.

 

Gerador industrial x Gerador doméstico

Basicamente, o que diferencia um gerador industrial de um gerador pequeno, daqueles que você adquire para a sua casa, é o tamanho. Ambos são geradores de energia elétrica, mas com capacidade de armazenamento, consumo de combustível e potência diferentes.

É bem simples: quanto maior o número de máquinas e equipamentos em operação, e o tamanho da demanda por alimentação energética destes, maior será o grupo gerador que terá o poder de atender a sua necessidade.

Aqui vão 3 passos para você checar qual a demanda de energia da sua empresa:

1 – Faça uma lista do consumo específico de cada máquina ou equipamento;

2 – Calcule o tempo médios que eles ficam ligado por dia;

3 – Some o total de watts gastos por cada itens dessa lista.

4 – Munido dessas informações, acesse o nosso ótimo guia de como converter watts para kVA” para entender a fórmula deste cálculo e descobrir quantos kVA serão necessários para atender o seu negócio.

Se esse número foi maior do que 30 kVA, meu amigo, você está no lugar certo. Esse é o valor que recomendamos para nossos clientes como o indício de que eles necessitam de um gerador industrial presente em suas fábricas.

 

Os principais modos de se usar um gerador industrial

Outro fator que pode te interessar é o chamado uso ativo ou em stand by

O primeiro trata-se de quando o gerador é a sua principal fonte de energia elétrica. Isso acontece principalmente quando não existe a presença de eletricidade na região, ou quando ela é muito instável para atender a demanda da empresa.

O segundo se refere ao seu caso, meu caro amigo. O grupo gerador fica ligado à rede elétrica da fábrica o tempo todo, mas em estado de “repouso”. Através de softwares de medição, o gerador consegue identificar qualquer instabilidade na alimentação energética do local. Se o abastecimento cair, o gerador é acionado e assume toda carga elétrica que a rede precisa.

Ou seja, nada de apagões! Nem se quer uma única interrupção no funcionamento elétrico. Entendeu por que qualquer planejamento industrial eficiente envolve geradores industriais? Foi um prazer ter te ajudado!

Um último fator para você levar em consideração: será que vale a pena adquirir um gerador industrial? Pelo custo da manutenção e pela complexidade do equipamento, nós indicamos a locação. Assim, você pode ficar tranquilo sobre o bom desempenho do equipamento, que será acompanhado periodicamente por especialistas para não permitir que ele te deixe na mão quando você mais precisar.

Agora... O que você está esperando em dar uma ligadinha para Alugagera te ajudar mais ainda? Temos os geradores industriais de energia mais confiáveis do mercado, e nossa equipe técnica altamente qualificada está pronta para te auxiliar em qualquer cenário.

Acesse e saiba mais sobre o quão vantajoso pode ser ter a Alugagera do seu lado. Locadora de Geradores de Energia Referência no Mercado.

orcamento gerador preço