Início » Noticias » Cores dos Fios e Cabos Elétricos | Saiba o Padrão

Cores dos Fios e Cabos Elétricos | Saiba o Padrão

cabos fios eletricos cores

Os fios e cabos elétricos têm como finalidade conduzir a energia elétrica de um ponto para outro. Esses condutores são responsáveis por garantir a segurança em ambientes residenciais, comerciais e industriais.

 

É de extrema importância conhecer e entender esses itens para a realização de trabalhos de instalação elétrica e manutenção destes dispositivos, assegurando que a condução da corrente elétrica seja de forma segura e eficiente.

 

A utilização de fios e cabos inadequados causam diversos prejuízos, sendo eles: aumento da conta de luz, curtos-circuitos e demais acidentes relacionados à fiação elétrica.

 

Para que exista a compatibilidade entre os cabos com outros aparelhos elétricos e, consequentemente, evitar acidentes, o sistema de condutores é identificado por um padrão de cores (que podem ter diferentes configurações e funções).

 

Por que a padronização de cores de fios e cabos elétricos é importante?

 

O padrão de cores dos fios e cabos elétricos se difere de acordo com o país ou região do mundo. No Brasil, a norma NBR 5410 determina as cores que devem ser utilizadas para a identificação dos condutores.

 

Este regulamento se aplica à instalação elétrica de baixa tensão (ou seja, de até 1000V em tensões alternadas ou 1500V em tensão contínua) em casas, edifícios, prédios comerciais, industriais, agropecuários e instalações temporárias.

 

Ainda de acordo com a norma NBR 5410, não é obrigatório a utilização da tabela de cores para indicar os fios e cabos elétricos, mas se as cores foram utilizadas para a identificação de função, elas devem seguir o padrão.

 

Quais as diferenças entre Fios e Cabos?

 

Como já foi mencionado, os cabos e fios são condutores elétricos, esses itens apenas têm nomes diferentes pelo fato de terem distinções em sua composição interna (contudo, possuem a mesma finalidade que é a condução de energia elétrica).

 

Existem duas diferenças básicas entre eles: os fios possuem apenas um condutor sólido, ou seja, são formados por um único fio, com uma secção constante metálica.

 

Outra característica dos fios é a rigidez, fazendo que sejam mais fáceis de se partirem caso sejam dobrados algumas vezes. Por esse motivo, são utilizados em situações em que não vão ser submetidos a dobragens.

 

Os condutores podem ser sólidos (Classe 1), encordoados (Classe 2) ou flexíveis (Classes 4, 5 e 6). O fio é Classe 1.

 

Já os cabos elétricos são compostos por vários fios condutores menores de acordo com a sua classe. São mais flexíveis, suportando grande quantidade de dobragens sem nunca se quebrar. Em virtude desta característica, são utilizados na ligação entre duas partes que podem mudar de posição, sendo submetidos a esforços de dobragens. 

 

A espessura de um cabo condutor depende da quantidade de eletricidade que este terá que suportar.

 

Agora que já compreendemos as diferenças entre esses condutores e a importância da padronização de suas cores, iremos explicar qual a função de cada cor.

 

Cabo Elétrico Azul Claro

 

Os fios/cabos azuis são condutores neutros, ou seja, não têm carga funcionando para o retorno da corrente.

 

Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor neutro, em caso de identificação por cor, deve ser usada a cor azul-clara na isolação do condutor isolado ou da veia do cabo multipolar, ou na cobertura do cabo unipolar.

 

Importante: o condutor que não possui tensão (OV) não está carregado, mas não deve ser chamado de “negativo”.

 

Cabo Elétrico Verde

 

Os fios/cabos verdes ou verde-amarelo são condutores de proteção (conhecidos também como “fio terra”).

 

O condutor de proteção possui como função proteger os equipamentos contra as sobrecargas elétricas (evitando os choques elétricos).

 

Cabos Vermelho, Branco e Amarelo

 

Os fios/cabos listados nessas cores são condutores com tensão, sendo utilizados para as fases da rede elétrica.

 

Qualquer condutor isolado, cabo unipolar ou veia de cabo multipolar utilizado como condutor de fase deve ser identificado de acordo com essa função. É o condutor onde há uma Tensão (127V ou 220V) ou DDP (diferença de potencial).